Alunos Senac destacam aprendizado em evento de shopping, em Manaus

Categoria: SENAC / 01/04/2019

Aprender na prática, encarar o público e ter a sensação de dever cumprido. Tudo isso pôde ser experimentado pelos alunos dos cursos Técnico de Cozinha e do Tecnólogo em Gastronomia do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial no Amazonas (Senac AM) durante o Boteco do Amazonas Shopping, realizado entre os dias 25 e 30 de março.

Os alunos Davi Torres e kaynan Almeida auxiliaram o chef Naifon Lima na elaboração da costela de Tambaqui com molho agridoce, petisco servido as pessoas presentes no último dia de participação do Senac no evento, no sábado (30). Além dos petiscos deliciosos e da boa música, o clima de boteco também proporcionou aprendizados para os alunos.

“A pessoa que visita o Senac acaba se profissionalizando de uma tal forma que ele não espera um resultado tão grande. O aluno se sente preparado quando se depara com apresentações como essa e se supera. É algo que vai além do que os olhos podem ver”, disse o tenente da Marinha e estudante do Técnico de Cozinha, Kaynan Almeida.

Para o aluno Davi Torres, que é empresário do segmento de Panificação e Confeitaria, o curso proporciona outras experiências de crescimento.

“Essa atividade é muito boa. O Senac abre muitas oportunidades para os alunos. É uma instituição que acredita no potencial dos seus estudantes. O conhecimento que tenho adquirido vem se somando ao meu negócio e vai se estender aos meus colaboradores também”, disse.

Culinária regional em alta

Segundo o chef Naifon Lima, servir costela de Tambaqui com molho agridoce é ousadia pura. A a junção dos sabores apresentou uma novidade para o paladar dos expectadores.

“A ideia dessa fusão é super importante pois valoriza nossa gastronomia regional, unindo Tambaqui com um molho oriental, geralmente servido com carne vermelha, aves e suíno. Fui ousado e a essa fusão agradou o público presente. A nossa culinária merece ser valorizada”, conta.

Conforme o acadêmico de Gastronomia da Faculdade de Tecnologia do Senac (Fatese AM), Aldaclecio Aguilar, a participação no Boteco do Amazonas Shopping o fez mergulhar em pesquisas. O capitão do Exército apresentou as linguiças artesanais amazônicas.

“Agregou muito conhecimento, pesquisei sobre a comida de boteco, analisei o cenário local e esse aprofundamento foi importante na apresentação. As pessoas puderam experimentar as linguiças feitas com produtos genuinamente amazônicos e se agradaram do sabor”, finaliza.

WEBMAIL

FALE CONOSCO

Preencha os campos abaixo e nos envie sua dúvida, sugestão ou reclamação. Obrigado!

TOPO