Fecomércio AM reúne secretários de estado em reunião com empresários dos setores produtivos

Categoria: FECOMÉRCIO / 13/03/2019

Nesta terça-feira, 12, a Fecomércio AM realizou evento com a presença dos Secretários de Estado Jório de Albuquerque Veiga Filho (Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação) e Petrucio Pereira de Magalhães Júnior (Produção Rural), no qual foram expostas metas do atual governo para o Amazonas.

Compuseram a mesa de debates o presidente em exercício do Fecomércio AM, Aderson Santos da Frota, o presidente da Confederação Nacional do Comércio, José Roberto Tadros, o vice-presidente da Fieam, Nelson Azevedo, o CEO da Rede Amazônica, Phelippe Daou Junior e o superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Mário Tonon.

O secretario Jório de Albuquerque Veiga Filho iniciou sua explanação apontando o que chamou de "desidratação" nos setores de planejamento, desenvolvimento, ciência, tecnologia e inovação do governo estadual nos último quinquênio. "Nos últimos 5 anos, foram quatro secretários de planejamento, sendo impossível fazer um bom trabalho com essa alternância. Além disso, houve ocasiões em que a Seplan (Secretaria de Planejamento) quase desapareceu como ocorreu com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação", enfatizou.

Jório Filho apresentou como está estruturada a Seplancti e os rumos pretendidos pelo atual governo. "Os resultados dessa secretaria são para o médio e longo prazo. Começamos intensificando a interação com as prefeituras e com a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa). Fomos também ao Ministério da Ciência e Tecnologia, onde nos receberam muito bem, o ministro Marcos Pontes e sua equipe. Era necessário abrirmos as portas com o Governo Federal", explica.

Aos presentes, o secretário explicou a estrutura da Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação e sua formação em conselhos, câmaras, comissões e as quatro secretarias (administração financeira; administração e finanças; planejamento; ciência, tecnologia e inovação) que a compõem.

O secretário de estado da produção rural (Sepror), Petrucio Pereira de Magalhães Júnior, agradeceu a participação no encontro e desejou, em uma próxima oportunidade, explanar sobre o plano de governo para o desenvolvimento do agronegócio no Amazonas visando à diminuição das desigualdades entre a capital e o interior.

Petrucio Júnior destacou a recente aprovação da participação da OCB (Organização das Cooperativas do Estado do Amazonas) no conselho regional do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), que, segundo ele,  integra e aproxima as cooperativas, microempresas e órgãos representativos do comércio, indústria e agricultura. Outro agradecimento do secretário foi à recente parceria do governo com o programa Mesa Brasil do Sesc AM.

"Hoje, 90 tonelados de alimentos são jogados no lixo todos os meses nas feiras de Manaus, sendo que 49,2% da população do Amazonas vive na pobreza ou extrema pobreza em segurança alimentar. Tanta gente com fome e tanto desperdício. No plano de 100 dias, vamos fazer algo para resolver essa questão e gostaríamos de agradecer ao Mesa Brasil do Sesc que já atua na solução desse problema e será nosso parceiro", agradece.

Na ocasião, além dos secretários, empresários dos três setores da economia puderam expor suas expectativas para os próximos anos e entender os projetos do governo para atender às demandas do setor produtivo.

Temas como o aproveitamento sustentável dos insumos amazônicos, a melhor exploração do turismo na região, modelos alternativos à Zona Franca de Manaus foram abordados pelos empresários que participaram do encontro.

 

WEBMAIL

FALE CONOSCO

Preencha os campos abaixo e nos envie sua dúvida, sugestão ou reclamação. Obrigado!

TOPO