Webmail  


Noticias
CNC projeta alta de 2,7% para o PIB este ano

01 de Março de 2018

Em 2017, a economia brasileira cresceu 1,0% em relação ao ano anterior, de acordo com dados das Contas Nacionais divulgados hoje (1/3) pelo IBGE. Esse resultado confirmou o fim da maior recessão já registrada no País e representou o melhor desempenho da economia brasileira dos últimos quatro anos. Embora a crise econômica tenha iniciado no final de 2014, naquele ano o Brasil ainda registrou crescimento de 0,5%, acumulando, nos dois anos seguintes, retração de 7,1%. 
 
Do ponto de vista da produção, o maior responsável pelo primeiro avanço da economia brasileira em três anos foi a agropecuária, com avanço de 13,0% em relação a 2016, seguida pela indústria extrativa de petróleo, gás e minérios ferrosos (+4,3%) e o comércio (+1,8%), atividade que havia perdido 13,8% de seu valor adicionado nos dois anos anteriores.  Pela ótica das despesas, o consumo das famílias (+1,0%) e as exportações (+5,8%) impulsionaram a economia para fora do poço da recessão em 2017. 
 
A percepção da CNC é que as condições que propiciaram a retomada do crescimento econômico no ano passado estão minimamente preservadas, mas há espaço significativo para a queda dos juros na ponta aos consumidores e ao setor produtivo. Assim, considerando um cenário ao final do ano no qual a inflação esteja próxima a 4% e os juros básicos em 6,5%, a entidade revisou de 2,6% para 2,7% sua expectativa de crescimento da economia brasileira para 2018.  
 
*Com informações da Assessoria de Comunicação da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC)


 

Leia mais


+ Notícias      

 

 
Copyright © 2018 - Federação do Comércio - Todos os Direitos Reservados
  Rede Sociais


Fale Conosco


Rua São Luís, 555 – Adrianópolis
Manaus/AM

contato@fecomercio-am.org.br

(92) 3234.5222



Fecomércio


- Entidades de Classe

- Nossa Estrutura



Informações


- Termo de uso

- Politica de privacidade

- Mapa de Localização



Newsletter


Receba nossos informativos


Desenvolvimento: NewMD